Transformação Crespa – Box Braids

Olá Pessoal!

Se você é novo(a) por aqui, seja mais que bem vindo(a)! Estou de volta, depois de um tempão, mas com mudanças! Não só na comunicação visual dos vídeos e do Blog, mas também nas madeixas crespas. Mas calma, que é temporário! 🙂

Neste post eu mostro em vídeo como foi minha primeira experiência com as Box Braids e o processo de transformação. VEM COMIGO!

 

 

Então vamos começar pelo início! Rs* O inverno é um período complicado pro crespo (mas não impossível! Eu dou 10 dicas de como cuidar dos crespos no inverno AQUI): é frio, é desconfortável e o crespo pode ficar um pouco mais frágil, por conta da temperatura e umidade (quase nula) do ambiente. Sem contar que a manipulação excessiva do crespo também causa dano.

“Mas como dar um descanso pra esse crespo?!” você me pergunta… Uma opção são os estilos protetores, ou como na gringa chamam, protective styles. Aí a sua imaginação – e budget – decidem. Você pode optar por penteados, twists, uso de laces (a boa e velha rrrrrrruca, como diz Magá Moura) ou optar pelas tranças, como eu. Nesse caso, optei pelas Box Braids.

 

Desculpe o auê..

Uma publicação compartilhada por Magá Moura (@magavilhas) em

 

Box Braids são mechas de cabelo divididas em quadradinhos (ou em formato de caixa – ‘box’ em inglês) trançadas junto com um cabelo sintético, para justamente proteger o seu cabelo. A grande diferença dessa trança para a tradicional (nagô) é que as Box Braids não são anexadas ao couro cabeludo diretamente, então você consegue um movimento melhor das tranças, o que é perfeito para estilizar, prender, soltar, fazer o que quiser. 🙂

 

Pra acompanhar os closes é só acessar o Insta @canaldacrespa.

 

O meu relacionamento com as tranças vem desde cedo, porém esporádico. Eu lançava mão das tranças durante toda a minha infância e adolescência, ajudava muito em tempos em que ia pra casa do meu pai e ele não sabia cuidar bulhufas do Crespo ou quando eu queria dar uma mudada no visual. Depois que eu aprendi mais sobre o Crespo que carrego e nos 10 meses + 1 ano e meio pós Big Chop, notei que sim, o cabelo crespo também sofre com a manipulação excessiva. E eu acho que o crespinho precisava de um descanso… E veio na melhor hora possível, já que está um frio danado em São Paulo e cuidados nesse tempo são mais chatinhos (sejamos realistas, ninguém merece lavar o cabelo quando tá 10 graus lá fora às 7h da manhã).

 

Fiz todo o meu close lá no Divas Hair Style Center – isso não é jabá! Fui atrás deles por conta dos concepts babadeiros que a equipe de lá faz. Depois dêem uma olhada no instagram deles e vejam que é tiro atrás de tiro. Mas só tiro de close certo, claro! Lá é só amor! <3

Para que o processo não demorasse tanto, investi em duas trançadeiras ao mesmo tempo e mesmo assim demorou pra dedéu: 7 freaking horas. Você não leu errado. Foram 7 (sete) horas para trançar channelzinho. Graças a Dandara, nasci com muito cabelo, então demora mesmo viu, Brasil? Então já vai pro rolê preparadx, com snacks na bolsa, umas revistas e vai que vai! 🙂

 

Equipe Diva’s Style Center @paula.dapreta & @alexandrarodrgs

Antes que alguém me perguntem, trancei com esse cabelo aí na foto de baixo. Segundo a Amanda Coelho (a.k.a. Diva Green), Afroempreendedora do Divas Style Center e também trançadeira, este Jumbo de textura mais crespa mantém a trança mais segura, por mais tempo.

Jumbo Havana Braid – Cor 1B

 

Muita gente me procurou para saber se as box braids pesam. Por ter feito bem curto, senti pouco o peso. Claro que, nos 3 primeiros dias você sente dor pra tudo com a cabeça (pra deitar então… meu Deus!) mas no 4º dia eu já estava pleníssima com meu crespo trançado por aí. Com relação aos cuidados, eu vou fazer um outro post só dedicado às minhas experiências nos cuidados. Mas o que posso te dizer é que é beeeeeeeeeem prático. Mores, só de levantar de manhã e não ter que pensar em qual vai ser o penteado do dia já é um adianto. Além da economia de condicionador, que não é usado enquanto estou trançada! Pra que mais, Brasil!?

 

Acho que é isso, pessoal! Caso tenham alguma dúvida, deixem aí nos comentários que venho responder assim que possível. ^^

E aí, é trançada também? Use a tag #canaldacrespa no Facebook ou Instagram para eu ver o seu Crespo-Maravilha também! 😉

 

Beijos Crespos,

-Naza

Você também pode gostar